Beleza Moda

Comprinhas no Bazar Moda do Bem

24 de agosto de 2018

Há algumas semanas, comentei sobre o Bazar Moda do Bem, evento realizado aqui em Curitiba. Como muita gente pergunta se os descontos de lá realmente valem a pena, resolvi mostrar minhas comprinhas na última edição para calcularmos de quanto foi a economia no final. Confere!

Roupas

Minha primeira parada no Bazar sempre é na República, uma das minhas lojas queridinhas. Lá, garanti três peças: um body lindo de renda (de R$ 139,90 por R$ 63), um shorts (de R$ 99 por R$ 55) e, claro, essa jaqueta maravilhosa que já estava na minha wishlist há algum tempo (de R$ 239 por R$ 112). Economia: R$ 247,90

Compras feitas no Bazar Moda do Bem, realizado em Curitiba.

Compras feitas na Loja República.

Acessórios

A segunda visita foi no Tela Rápida. Lá, encontrei essa Ring Light para celular, que estava louca pra testar. Paguei R$ 29,90, mesmo preço praticado em outros lugares, então, nada de economia neste caso.

Compras feitas no Bazar Moda do Bem, realizado em Curitiba.

Selfie Ring Light adquirida na Tela Rápida.

Sapatos

Outra parada obrigatória é no stand da Schutz, que costuma praticar preços únicos no Bazar. Neste ano, todos os flats estavam a R$ 99, sandálias a R$ 159 e botas, a R$ 229. Estava há um bom tempo querendo duas botinhas, uma branca e uma vermelha (que ainda continua em alta). Para minha sorte, encontrei uma de cada e no meu número (vida de 33/34 não é fácil, gente). Agora pasmem: nas lojas, a branca custava R$ 490 e, a vermelha, R$ 620. Ou seja, no Moda do Bem, economia de R$ 652,00.

Compras feitas no Bazar Moda do Bem, realizado em Curitiba.

Botas da Schutz também estavam em promoção no Bazar Moda do Bem.

Maquiagem

A última passadinha foi na Geth, distribuidora Ruby Rose. Lá, comprei uma paletinha de iluminadores, um trio de blush, dois batons e o sérum facial. Nesses produtos, os preços foram bem similares aos do site da marca, então zero vantagem. Agora, o que valeu a pena, foi um kit com 42 pincéis (sim, a louca do pincel). Normalmente, cada um deles é vendido a uma média de R$ 18,00, o que tornaria o kit R$ 756. Lá, estava R$ 360 e, de quebra, ainda ganhei o novo fixador de maquiagem para testar. Resumindo, economia de R$ 367,00.

Compras feitas no Bazar Moda do Bem, realizado em Curitiba.

Parada obrigatória: stand da Geth, distribuidora Ruby Rose.

Enfim, ao final das compras, a economia total foi de R$ 1266,90. Vale dizer também que boa parte dos lugares permite parcelamento, o que facilita ainda mais a vida e faz valer muito uma visita.

Em dezembro, vem mais uma edição, então já se programe pra economizar um dinheirinho e comprar com vantagens lá.

E você, gostou do post?

Conta pra mim o que você teria comprado!

Moda

Moda solidária em Curitiba: Bazar Moda do Bem

3 de agosto de 2018

Começou hoje em Curitiba mais uma edição do Bazar Moda do Bem, evento que reúne grandes marcas em prol de uma causa solidária.

Serão dois dias de evento (03 e 04/08) onde mais de 70 lojas oferecerão descontos de até 70% em roupas, acessórios, cosméticos e objetos de decoração.

Público presente na última edição do Bazar Moda do Bem.

E tem desconto mesmo?

Sim! Nas últimas edições, encontrei roupas e calçados maravilhosos com um preço super bom. Claro, entre os baratinhos também ficam as coleções novas, então talvez você ache algum item não tão em conta, mas, no geral, a maior parte das coisas fica num valor justo.

IMPORTANTE: já comentei isso na última vez que falei sobre o bazar, mas vale relembrar. Lá, as lojas não possuem provadores próprios. Existe uma sala onde você pode experimentar as roupas na coletividade, então precisa deixar a vergonha de lado pra se jogar!

Onde é e como faço pra ir?

Como o nome já diz, trata-se de um evento solidário. A entrada custa R$ 5, mais a doação de um quilo de alimento não perecível ou ração (existem quiosques vendendo as doações na frente do evento). Hoje, as atividades já iniciaram e, amanhã, começam às 10h. O encerramento nos dois dias acontece às 21h. O Buffet du Batel, sede escolhida, fica na Alameda Presidente Taunay, 241 – Batel.

Yannih Tsushima, idealizadora do bazar, ao lado das doações arrecadadas.

Logo, trago post sobre as comprinhas feitas lá.

E você, tá esperando o que pra ir?

Por onde andei Viagem

5 motivos para viajar para o Egito

30 de julho de 2018

Todo mundo sonha em desbravar o mundo, mas quando o momento chega, os primeiros destinos que vêm à mente são Estados Unidos e Europa, não é? Hoje, para abrir os horizontes e ampliar as possibilidades de viagem, trago 5 motivos para você viajar para o Egito. Confere!

1 – Segurança

Parede do templo de Philae, em homenagem a Deus Ísis.

Você não leu errado! Ao contrário do que muitos pensam, o Egito é um país muito seguro. De aeroportos aos pontos turísticos, ninguém entra sem passar por guardas e detectores de metais. Além disso, as ruas das cidades são tranquilas e praticamente livres de assaltos. No Cairo, por exemplo, o comércio fica aberto até de madrugada (ou 24 horas) e é bem comum ver as pessoas caminhando, conversando e fazendo compras até tarde.

2 – Hospitalidade

Equipe do navio Princess Sarah II, que faz cruzeiro pelo Rio Nilo.

Se você acha que o brasileiro é hospitaleiro, ainda não conheceu um egípcio. No comércio e principalmente nos pontos turísticos, não importa se você fala inglês, espanhol, português, árabe ou chinês, eles vão dar um jeitinho de te entender e ajudar. E não se engane, normalmente as conversas não se resumem a explicar o preço das coisas: vá preparado para falar de futebol, do Brasil e do que tem gostado no Egito.

3 – Gastronomia

Prato principal no Abou Shakra, restaurante em frente às Pirâmides.

Quem ama comer não vai se decepcionar com o país. Nos hotéis e em navios que fazem cruzeiro pelo Nilo, você encontra o melhor da comida árabe e mundial. Já nos restaurantes nas ruas, você consegue experimentar porções gigantescas de comidas tradicionais por um preço super acessível. Restaurantes próximos a pontos turísticos (com vista para as pirâmides, por exemplo) são um pouco mais caros, pagos em dólar, mas valem cada centavo. E, claro, para os que não querem arriscar os temperos fortes, existem as grandes mundiais: Mc Donald’s, Pizza Hut e KFC são nomes familiares que podem te deixar mais tranquilo na hora de escolher uma refeição.

4 – Câmbio facilitado

Libra egípcia, a moeda local.

Nós brasileiros estamos acostumados a sofrer na hora de trocar moeda para viajar, não é? Indo para o Egito, temos uma pequena alegria neste quesito: a libra egípcia, moeda deles, é um pouco desvalorizada em comparação ao real (R$ 1,00 equivale a EGP 4,80). É uma boa vantagem e torna algumas compras mais fáceis, mas ainda assim vale calcular bem os gastos para não passar aperto.

5 – História e monumentos

Esculturas no templo de Philae, dedicado à Deus Ísis.

Por fim, o principal e mais importante: mergulhar na história e contemplar os mais lindos monumentos. Olhar fotos e ler sobre a cultura egípcia é completamente diferente de estar ali. Ver as pirâmides, os templos e a riqueza construída por essa civilização é uma sensação indescritível e com certeza nos faz pensar como somos pequenos e ainda não sabemos nada. Além da energia maravilhosa, as paisagens de tirar o fôlego vão de garantir ótimos cliques fotográficos e recordações pra vida toda.

O roteiro que eu fiz foi um presente da Schultz Operadora com a Exotic Tours and Travel e está disponível para vendas. Procure seu agente de viagens e peça pelo roteiro Navegando pelo Nilo, da Schultz!

Ficou com vontade de conhecer também? Me conta nos comentários!

Parceria paga entre autora e local.

Beleza Resenhas

Testei: Lenço Demaquilante Neutrogena Night Calming

4 de junho de 2018
Resenha do lenço demaquilante Neutrogena Night Calming.

Nem só de reboco vivem as amantes de beleza, não é? Como remover a maquiagem também é essencial, hoje compartilho com vocês minha experiência com um lenço demaquilante, o Neutrogena Night Calming.

Sobre o produto

Segundo a marca, os lenços Night Calming são indicados para remover maquiagem, oleosidade e impurezas, liberando um aroma relaxante que deixa a pele pronta para uma boa noite de sono. O produto possui 7 ativos demaquilantes, pode ser utilizado na área dos olhos e promete remover facilmente máscaras de cílios, inclusive as à prova d’água. 

Resenha do lenço demaquilante Neutrogena Night Calming.

Cada embalagem vem com 25 unidades e lenços de 19×18,5 cm.

 

O que achei?

Bom, pra começar, realmente existe um aroma! Senti logo ao abrir a embalagem e, como não sou muito fã de fragrâncias, achei um pouco forte (mas nada tão extremo que me fizesse não querer usar).

Sobre a qualidade, um ponto super positivo foi a umidade: os lenços são ainda mais molhadinhos que os da linha Deep Clean, o que tornou bem fácil a remoção das makes (inclusive as bem pesadas) com um lenço só.

Agora, uma super falha foi a promessa de remover máscaras à prova d’água. Os lenços removeram um pouco, mas depois de boas esfregadas que acabaram irritando a região dos olhos. Mesmo com esforço, a máscara não saiu por completo e tive que recorrer ao bom e velho demaquilante bifásico.

Resenha do lenço demaquilante Neutrogena Night Calming.

Os lenços Neutrogena Night Calming possuem um bom tamanho e removem facilmente a maquiagem (exceto máscaras à prova d’água).

 

É caro?

Infelizmente, o preço não é dos mais amigáveis: chega a variar de R$ 27,90 a R$ 32,90. Claro, às vezes você encontra promoções. Neste da foto, por exemplo, paguei R$ 21,90 (na Droga Raia).

Onde encontro?

Boa parte das farmácias que vendem dermocosméticos, como Panvel e Droga Raia trabalham com a Neutrogena. Em lojas on-line como a Época Cosméticos e Beleza na Web, você também encontra o produto disponível.

Em resumo, o lenço é bom e gostei de experimentar, mas ainda recomendo o Deep Clean. São da mesma marca, mas o custo-benefício do outro é bem melhor e eu particularmente acho que ambos entregam o mesmo resultado.

E você, já usou esses lenços?

Conta pra mim como foi a experiência!